ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 31 de Outubro de 2018, 11h:02
Tamanho do texto A - A+
Twitter
MERCADO

Situação dos estoques de trigo pode provocar alta nos preços

Por: Agrolink

 

Um levantamento realizado pelo especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica com moinhos do Rio Grande do Sul e do Paraná encontrou um cenário que pode levar a uma alta nos preços do trigo. Segundo ele, a qualidade da safra está muito ruim, principalmente no RS, o que acaba fazendo que exista uma diminuição na matéria prima para se fazer a farinha.

 

De acordo com as informações divulgadas por um moinho gaúcho, outro problema que existe é que os agricultores estão colhendo e mandando diretamente para os moinhos, o que não é considerado pelos profissionais como uma boa prática, porque resulta em 50/60 de W a menos. Nesse cenário, a maioria dos moinhos está apenas executando contratos antigos, comprados a R$ 650 FOB 

 

“A qualidade está depreciada por ser recém colhido e não processado; estivemos em Carazinho e encontramos trigo com 76/74 PH, qualidade média; em Lajeado trigo bom 80/81 ph; a qualidade do trigo gaúcho desta safra é variada, não é safra de qualidade. E está pra chover de novo”, diz o analista. 

 

No Paraná a situação não se diferencia muito, sendo que em algumas regiões o trigo até apresenta certa qualidade, mas não passa de 250 de FN. Nesse cenário, os moinhos paranaenses estão entrando com contato com cooperativas do Paraguai, para tentar amenizar a situação, pelo menos por hora. 

 

No entanto, eles afirmam que a safra do país vizinho também não é das melhores, sendo que nenhum possível vendedor ofereceu milho que chegue perto dos 380 de FN. “Vamos analisar entre hoje e amanhã e ver se conseguimos algo interessante. Não sei o que você tem ouvido do mercado, mas estamos acreditando em alta logo no preço”, conclui o representante de um moinho do Paraná.

Twitter



Edição 156 de Novembro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.