ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Terça-Feira, 06 de Novembro de 2018, 10h:23
Tamanho do texto A - A+
Twitter
MERCADO

Soja: Preços sobem levemente, mas com poucos negócios

Por: Agrolink

 

Os preços da cotação da soja no Brasil subiram levemente, motivados pela alta de 0,89% no dólar que suplantou a queda de 0,20% nas cotações de Chicago. No entanto, o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica informou que os negócios não se desenvolveram nesse início de semana, já que os produtores estão mais focados no Plantio. 

 

Segundo uma pesquisa realizada pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os prêmios de exportação do grão permaneceram inalterados para nov/dez e caíram 10 cents/bushel/cada para março, abril e julho. “As informações recebidas do interior registraram negócios de apenas 15.000 tons no MS, a preços ao redor de R$ 76,00 em Dourados no mercado spot; no mercado futuro, a cotação foi de R$ 67,00, mas sem negócios reportados”, informa Pacheco. 

 

“Os preços fecharam em alta de 0,22% nos portos, a R$ 85,98/saca, elevando o ganho de novembro para 0,28%. Já no interior, onde os preços sofrem outras influências, como a demanda por farelo e óleo, que está em queda ou inalterada, os preços da soja fecharam nesta segunda-feira em queda de 0,85% a R$ 79,20/saca”, completa. 

 

De acordo com o analista, a indústria de processamento de soja do Brasil está negociando com autoridades do governo da China maneiras de elevar as exportações de farelo de soja para o país asiático. “O País que já compra cerca de 80 por cento das exportações brasileiras de soja em grão, disse a Abiove (Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais) nesta segunda-feira (05.10)”, indica. 

 

Nos Estados Unidos, como as chuvas cessaram nos últimos dias, a colheita da oleaginosa já chega a 83%, contra 80% do ano passado e da média dos últimos 5 anos.

Twitter



Edição 156 de Novembro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.