ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 09 de Julho de 2018, 15h:55
Tamanho do texto A - A+
Twitter
AGROMT

Feira substitui a Expoagro em MT

Por: FOLHA MAX

Divulgação

 

 

A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) participou nesta segunda-feira (09) da abertura da AgroMT, feira tecnológica do agronegócio que acontece de 09 a 12 de julho em Cuiabá (MT), no Parque de Exposições Jonas Pinheiro. Realizada pelo Sindicato Rural de Cuiabá, a AgroMT foi criada para oferecer conteúdo técnico para as diferentes cadeias produtivas do estado.

 

A Acrimat é uma das parceiras do evento e ao longo desta segunda-feira (09) oferece, a partir das 14h, a palestra “Agregação de valor à pecuária de corte”, ministrada por Marco Tulio Habib, da Scot Consultoria. Em seguida, será realizado um painel sobre como produzir carne sob medida, com case de sucesso produtores.

 

Na cerimônia de abertura, o presidente da Acrimat, Marco Tulio Duarte Soares, destacou a iniciativa do Sindicato Rural de Cuiabá de transformar o perfil da feira agropecuária de Cuiabá e trazer para a capital um circuito tecnológico em acordo com produção mato-grossense. “A AgroMT começa pequena, mas estruturada e organizada e com grande potencial para se tornar uma referência em feira agrotecnológica não só no estado, mas no país. Somos os maiores produtores de alimentos e é natural que os negócios e debates sejam concentrados em Mato Grosso”.

 

Ainda de acordo com o presidente da Acrimat, é uma das prerrogativas da entidade o fomento a eventos que promovam o desenvolvimento do setor produtivo da carne. “A Acrimat atua na promoção de ações e eventos que aproximem as pesquisas e informações técnicas dos produtores. Nosso objetivo é proporcionar ganhos produtivos o setor produtores, aumentar a renda dos produtores e proporcionar carne de melhor qualidade aos consumidores”, diz Marco Tulio Duarte Soares.

 

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi participou do evento e aproveitou a ocasião para anunciar a transferência de R$ 3 milhões para o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) realizar investimentos para concretizar o Plano Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA). “Os recursos foram transferidos para que sejam realizadas as ações de fiscalização e para estruturação das equipes de fronteira e garantir a retirada da vacina para abertura de novos mercado para nossa carne”.

 

A presidente do Indea-MT, Daniella Bueno, confirmou que o recurso anunciado está na conta do instituto desde a última sexta-feira (06) e deverão ser aplicados em ações como treinamentos obrigatórios para os servidores, custeio de atividades de campo e vigilância de propriedades.

 

Também participaram do evento os presidente da Federal de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Normando Corral, do Sindicato Rural de Cuiabá, Jorge Pires, da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Antônio Galvan, o vice-presidente da Acrimat, Amarildo Merotti, e o diretor tesoureiro da Acrimat, Oswaldo Ribeiro.

Twitter



Edição 139 julho de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.