PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Quinta-Feira, 03 de Janeiro de 2019, 16h:40
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
CONTRATO Twitter

Câmara de Cuiabá deve gastar R$ 20 mil com empresa de buffet durante recesso parlamentar

Por: G1-MT

 

A Câmara de Vereadores de Cuiabá deve gastar R$ 20 mil com uma empresa de buffet contratada para o período de recesso parlamentar do órgão. O ato foi assinado no dia 21 de dezembro e publicado no Diário Oficial de Contas do Tribunal Estadual de Contas (TCE-MT), na quarta-feira (2).

 

Ao G1, a Câmara de Vereadores alegou que trata-se de um contrato oriundo de uma adesão a um pregão para registro de preço do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

 

“Estes valores são lançados em uma ata de registros de preços, visando às contratações futuras, obedecendo-se as condições estipuladas no ato convocatório da licitação”, diz trecho da nota.

 

Ao todo, o valor do termo aditivo ao contrato é de R$ 20.223,75 e tem validade até o dia 4 de fevereiro.

 

“O aditivo em questão foi realizado apenas para manter o contrato em vigência enquanto a nova licitação ainda não seja realizada, a qual já está em processo de fase interna”, completou a assessoria da Câmara.

 

A vigência do contrato se encerra um dia antes dos vereadores voltarem ao trabalho. Até lá, apenas o administrativo da Casa de Lei funciona.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 170 Março de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados