PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Terça-Feira, 07 de Maio de 2019, 17h:02
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
ESTAÇÃO Twitter

Elevatória da Prainha é reestruturada e volta a operar após sete anos

Por: Redação

A Estação Elevatória da Prainha (EEE Prainha), localizada no bairro Porto, às margens do Rio Cuiabá, volta a operar. Com capacidade de vazão de 360 litros de efluentes por segundo, ela foi reestruturada e recebeu novos equipamentos. As melhorias, que asseguram sua eficiência, resultam do investimento de R$ 3,6 milhões.

 

A unidade, integrante do Sistema de Esgotamento Sanitário Dom Aquino, foi entregue à comunidade em solenidade realizada pela Prefeitura de Cuiabá e a concessionária Águas Cuiabá nesta terça-feira (07). O evento integra a programação oficial de comemoração dos 300 anos da capital mato-grossense.

 

Inaugurada inicialmente em 2003, a EEE Prainha teve suas atividades suspensas em 2012. Para que pudesse voltar a funcionar, a estação passou por obras de ampliação e melhorias feitas com base em projetos que priorizaram a eficiência operacional necessária à nova configuração do Sistema. Com a retomada do funcionamento, a unidade será responsável por enviar à ETE Dom Aquino o material proveniente de 16 bairros, todos pertencentes à Bacia da Prainha (confira na lista abaixo).

 

“Temos afirmado, repetidas vezes, que Cuiabá avança no saneamento, porque temos a certeza de que isso é um fato. Ao investir em coleta e tratamento de esgoto, estamos priorizando a saúde, a qualidade de vida e a natureza. É nesta trilha que temos caminhado e vamos seguir, unindo esforços, investimentos e trabalho em prol da população”, afirmou o prefeito Emanuel Pinheiro, lembrando que cada R$ 1 investido em saneamento básico significa a economia de R$ 4 em saúde.

 

Os sistemas de esgotamento sanitário são compostos por quatro etapas: coleta, afastamento, tratamento e destinação dos efluentes. As estações elevatórias de esgoto colaboram com o transporte do material coletado até a ETE, garantindo que o esgoto sanitário chegue às ETEs por meio de bombeamento. Com o trabalho de ampliação do sistema de saneamento básico, em curso desde 2017, Cuiabá passará a contar, com 11 novas estações elevatórias, construídas em regiões estratégicas localizadas nas áreas de cobertura dos sistemas de esgotamento Dom Aquino e Tijucal.

 

“O Sistema Dom Aquino entra, agora, na fase de conclusão das obras de ampliação e melhorias. Ao final do trabalho, ele terá recebido R$ 50,1 milhões em investimentos. Podemos afirmar que Cuiabá se difere do cenário nacional neste momento tanto em razão do volume de investimentos em água e esgoto quanto no aperfeiçoamento dos processos de gestão do saneamento básico. Nossos esforços se concentram em buscar, dia após dia, a excelência na prestação dos serviços e a preservação dos recursos naturais. Temos a convicção que saneamento e sustentabilidade caminham juntos”, pontuou o diretor geral da Águas Cuiabá, Luiz Fabbriani.

 

Rio Cuiabá

 

A EEE Prainha tem papel fundamental na preservação do Rio Cuiabá. Além de ganhar nova estrutura, tendo sido praticamente reconstruída, a EEE Prainha funcionaria por meio de processo automatizado, sendo acompanhada e operada no Centro de Controle Operacional (CCO) localizado na sede da concessionária, no bairro Carumbé.

 

“É um imenso prazer para a Funasa participar de um momento como este. Investir em saneamento é investir em saúde preventiva. Nisso, temos visto que Cuiabá está avançando e segue um caminho para se tornar um exemplo aos outros município brasileiros”, destacou o presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ronaldo Nogueira.

 

Confira os bairros atendidos pela EEE Prainha: Lixeira, Bandeirantes, Centro Norte, Dom Aquino, Centro Sul, Goiabeiras, Santa Helena, Araés, Baú, Senhor dos Passos, Consil, Miguel Sutil, Jardim Alvorada, Bosque da Saúde II, Porto e Poção.

 

A solenidade de entrega da EEE Prainha contou com as presenças dos secretários municipais de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanos, Juares Samaniego, e de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Wilton Coelho. Também participaram o promotor de Justiça, Gerson Barbosa, o presidente da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), Alexandro Oliveira, e diversas lideranças comunitárias.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 187 Julho de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados