PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 10 de Maio de 2019, 07h:59
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
CAPACITAÇÃO Twitter

Servidores públicos participam de curso de pilotagem de drone

Por: Assessoria

SECOM

DRONE

 

Foi realizada na tarde desta quinta-feira (09.05) a primeira aula prática de pilotagem de drones da “Capacitação em Legislação, Pilotagem e Manutenção de Aeronaves Remotamente Pilotadas” promovida pela Policia Militar em parceria com a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz). A instrução ocorreu no pátio do Comando-Geral da PM, em Cuiabá. Uma seguna aula acontece nesta sexta-feira (10).

 

Cerca 35 servidores públicos, sendo 15 policiais militares, participam das aulas práticas da capacitação que tem como objetivo aprimorar o uso do equipamento de pilotagem em prol das ações de segurança pública. 

 

O comandante do Batalhão Fazendário, tenente-coronel Paulo Cesár, conta que a idéia do curso surgiu após identificar que policiais militares e servidores da Sefaz, que atuam na fiscalização e no combate à sonegação fiscal, se deparam com certas dificuldades na averiguação de mercadorias.

 

“Existe pessoas que tentam burlar a fiscalização. Então optamos em aliar o setor de inteligência com a tecnologia, por meio da pilotagem de drone para identificar aquele sonegador tentando fugir de uma barreira de fiscalização e até mesmo auxiliar esses servidores, por exemplo, ao checar uma carga em uma carreta, isso preserva a integridade física do agente de segurança e evita também a exposição do servidor”, explica o tenente-coronel.

 

Depois do conteúdo teórico, o soldado Wisley Pires do Batalhão de Trânsito da PM, aproveitou a aula prática de pilotagem de drone para tirar todas as dúvidas e conhecer bem o equipamento que pode auxiliar o seu trabalho em uma barreira policial. “Para gente o drone nos auxilia muito na fiscalização de trânsito, com o auxilio desse equipamento podemos observar, por exemplo, se o condutor de veículo  trocou de lugar com passageiro para escapar da abordagem,  ou perceber uma situação em que o motorista tenta desviar o caminho ao se deparar com uma blitz. Fazer esse curso está sendo muito bom para gente”, revela o soldado.

 

Para o coordenador de fiscalização móvel de trânsito da Sefaz , Gilson Pregely, o drone um instrumento novo para utilização no combate a sonegação. “Antes de se expor em uma abordagem, o fiscal pode utilizar a aeronave não tripulada para fazer uma fiscalização prévia de abordagem”, explica Gilson Pregely.

 

A capacitação conta com a aulas de instrutores da Associação Brasileira de Multirrotores de São Paulo. O presidente da associação Lincoln Kadota diz que aula prática de pilotagem trabalha com operações complexas direcionadas para o dia a dia dos alunos. “O drone veio para auxiliar no monitoramento antes das abordagens. O equipamento mitiga alguns riscos, então a  partir da hora que você manda o drone checar o local, o equipamento te passa informações da situação para o agente  entrar em ação com segurança”, conta Lincoln Kadota.

 

Participam da capacitação servidores da Sefaz, das Polícias Militar, Civil e Judiciária, Corpo de Bombeiros Militar, Politec, Ciopaer, Defesa Civil e Marinha.  Nesta sexta-feira (10.05) a segunda aula prática continuará no pátio do Comando – Geral da PM e o encerramento da capacitação será realizada no período da tarde, na Escola Fazendária, na sede da Sefaz.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 196 Setembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados