PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 13 de Janeiro de 2020, 15h:28
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
SUSTENTABILIDADE Twitter

Tribunal dá destinação correta a quase 18 toneladas de resíduos em 2019

Por: Redação

 

As ações de sustentabilidade do TRT de Mato Grosso em 2019 resultaram na destinação correta de quase 18 toneladas de materiais gerados dentro do próprio Tribunal. Além da questão ambiental relacionada, a iniciativa beneficiou diretamente catadores que atuam em Cuiabá e Várzea Grande.

 

As cooperativas parceiras receberam cerca de 14 mil kg de papel, entre revistas, livros, papelão, processos físicos e papel branco. Também foram entregues 248kg de copos descartáveis, 533 kg de capas plásticas, entre outros.

 

Com o objetivo de evitar a contaminação do meio ambiente, o TRT deu a destinação correta a 134 kg de pilhas e baterias usadas, descartadas de forma a não contaminar o solo.

 

A instituição também fez o descarte apropriado de outros 35 kg de resíduos de saúde, 180 kg de lâmpadas e 507 unidades de toners. Todos os itens eles foram encaminhados para empresas especializadas na destinação final adequada desses materiais.

 

Os trabalhos, conforme explica a chefe da Seção de Gestão Socioambiental do Tribunal, Natália Pansonato, visam atender às normativas legais sobre a área, como a Política Nacional de Resíduos Sólidos e a Política de Responsabilidade Socioambiental da Justiça do Trabalho. “As ações também buscam conscientizar o corpo técnico do órgão sobre a importância da destinação correta e da reciclagem para preservação do meio ambiente e garantia de um futuro socialmente justo”, destaca.

 

Atualmente, o TRT de Mato Grosso mantém parcerias com duas cooperativas de catadores e conta com o apoio de outras quatro empresas.

 

Desfazimento de bens

 

Além das quase 18 toneladas de resíduos, O Tribunal descartou de forma correta ainda 627 bens, como mobilhas, lavadoras de alta pressão, frigobar, escadas, impressoras, armários, microfones, entre outros, classificados como irrecuperáveis e declarados inutilizáveis.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 211 Janeiro de 2020

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados