PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Terça-Feira, 28 de Maio de 2019, 15h:14
Tamanho do texto A - A+
CULTURA
RIMA FALADA Twitter

Poesia Marginal de Dall Farra é atração desta quarta no Arsenal

Por: Redação

 

A poesia da fluminense Dall Farra promete transformar o palco do teatro do Sesc Arsenal em uma roda de rima falada. Com um repertório provocador, a MC irá se apresentar na unidade, nesta quarta-feira (29), às 20h. A entrada é gratuita, com ingressos distribuídos a partir das 19h, a faixa etária é de 14 anos.  

 

Essa é a primeira vez da Dall em Cuiabá. Natural do Rio de Janeiro, do bairro Duque de Caxias, já viajou para Manaus junto com o Sesc no Circuito Oralidade, pretende mostrar ao público cuiabano a beleza do encontro entre diferentes influências culturais. 

 

“Levar o Slam para outros estados significa espalhar a palavra e exaltar a oralidade que muito tem sido perdida nos dias atuais.”, disse a Mc que encara a palavra como uma forma de se conectar as pessoas. 

 

Por isso traz nas suas letras mensagens de resistência e apoio a grupos vítimas de desigualdades sociais. Para ela, abordar essas temáticas é uma forma de dar visibilidade para eles. “Enquanto mulher negra e periférica sinto que abordar discussões de gênero, classe e etnia é dar visibilidade aos meus iguais”, afirmou a artista. 

 

Encontros com a poesia  

 

Após entrar em contato com a poesia falada por meio do “Sarau Ratos Diversos”, a MC começou a participar de rodas e integrou o “Slam das Minas” no Rio de Janeiro. Desde então realiza ações poéticas em espaços públicos pela cidade. 

 

Ainda é integrante do “Coletivo Poetas Favelados”. Algumas das suas apresentações podem ser vistas em vídeos disponíveis na internet. Nos quais, entre cantos e intervenções denuncia suas inquietudes por meio da palavra.  

 

Dall se realiza na poesia quando, por meio da sua voz, as pessoas entendem sobre problemas sociais. “Eu quero que as pessoas entendam que o racismo, homofobia, machismo e todos os abismos sociais matam pessoas todos os dias.”, declarou Dall Farras. 

 

Circuito Oralidade  

 

O circuito pretende abarcar manifestações literárias que remetem, especialmente, à narração de histórias e à veiculação oral da poesia. São vertentes artísticas com larga tradição no país, que constituem os pilares de diversas identidades que vão se reinventando através das gerações.  

 

E a partir do dia 10 de junho em parceria com a rapper Pacha Ana leva a poesia mato-grossense para diversos estados do Brasil. Proporcionando um encontro entre o cantar e recitar, no qual a poesia é mostrada como um caminho de autoconhecimento e empoderamento pessoal.  

 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 200 Outubro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados