ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 28 de Setembro de 2018, 09h:24
Tamanho do texto A - A+
Twitter
OFICINAS

Sesc Casa do Artesão promove uma semana de valorização das culturas indígenas

Por: Redação

Divulgação

 

Serão cinco dias com oficinas de pintura corporal, de grafismo e de possibilidades de diálogo, além de apresentação de cantoria, músicas e abertura da exposição Artefatos.

 

No dia 01 de outubro, das 15h às 17h, será realizada a oficina Pintura Corporal Kurâ-Bakairi, ministrada por Adriana Kavopi. Ela explica que a oficina irá demonstrar a cosmovisão de seu povo a partir das pinturas corporais. “Cada pintura tem o seu próprio significado, além de serem diferentes para homens, mulheres e crianças”, explica.

 

Já na Oficina de Pintura de Grafismo Waurá em Cerâmicas, Tamuwa Waurá irá mostrar em quatro turmas as técnicas de pinturas do grafismo deste povo do Alto Xingu. Várias peças produzidas por esta etnia estão à venda na Casa do Artesão. As turmas das oficinas acontecem nos dias 02 ou 03 de outubro, das 08h às 11h ou das 14h às 17h.

 

Fechando as oficinas, a pesquisadora Naine Terena irá ministrar a oficina Possibilidades e Diálogos com o Tempo e o Corpo Indígena na escola, nos dia  04 e 05 de outubro, das 14h às 17h. A proposta, de acordo com a própria Naine, é “expandir o campo de compreensão e convivência entre as pessoas”. “O espaço escolar é um dos locais onde as crianças são inseridas no convívio social e por isso é importante que os professores tenham o entendimento da diversidade”, explica.

 

Todas as oficinas tem um valor social de 01 litro de leite UHT e as inscrições podem ser feitas pelo telefone 3611-0507 ou pelo e-mail aacosta@sescmt.com.br.

 

Sexta com apresentações e inauguração de exposição

Celebrando o encerramento da Semana Indígena, na sexta-feira (05), às 17h30, acontece a abertura da Exposição Artefatos, com peitorais, grinaldas, cintas, colares, brincos, tangas, pentes e redes produzidas pelos povos Anunsu (Nambikwara), Boe (Bororo), Ikpeng, Iny (Karajá), Ka’apor, Mehin (Krahô), Menkragnotire (Kayapó), Tenetehara (Tembé) e Waiwai, que habitam os estados de Mato Grosso, Maranhão, Pará e Tocantins.

 

Em seguida haverá a apresentação Cantoria dos Povos com cantos Bakairi, Chiquitanos,  Umutina e Terena e, às 18h30, oito mulheres Suyá farão uma apresentação de dança. Na cultura dos Suyá, o cantar e o dançar é a expressão máxima da sua individualidade e do seu modo de ser.

Twitter



Edição 152 Outubro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.