PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 30 de Outubro de 2019, 14h:36
Tamanho do texto A - A+
ECONOMIA
MAIS CARA Twitter

Sistema nacional de energia vai operar com bandeira vermelha patamar 1 em novembro

Por: Redação

 

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que regula o setor no Brasil, a bandeira tarifária em novembro de 2019 será vermelha (patamar 1). O custo, nesse caso, é de R$ 4,169 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Por isso, o Procon-MT alerta para o consumo consciente de energia.

 

Apesar de novembro se caracterizar pelo início do período úmido nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), o regime de chuvas regulares nessas regiões tem sido abaixo do padrão histórico, afirmou a agência reguladora.  

 

Conforme anúncio da Aneel, a previsão hidrológica para o mês aponta vazões afluentes aos principais reservatórios abaixo da média, o que repercute diretamente na capacidade de produção das hidrelétricas, elevando os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF). “Essa conjuntura demanda elevação do acionamento do parque termelétrico, com consequências diretas sobre o preço da energia (PLD). O PLD e o GSF são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada”.

 

O que é a bandeira?

 

O sistema de bandeiras tarifárias implementado pela Aneel sinaliza o custo da energia gerada. O objetivo é informar quando esse custo sobe para que o consumidor reduza o uso de energia e não pague uma conta mais cara que o normal. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

 

Com a bandeira vermelha patamar 1 vigorando em novembro é  necessário reforçar o uso consciente e o combate ao desperdício de energia. Confira algumas dicas: 

 

Chuveiro elétrico

 

- Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos

 

- Selecionar a temperatura morna ou fria no verão

 

Ar condicionado

 

- Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado

 

- Manter os filtros limpos

 

- Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho

 

- Colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto

 

Geladeira

 

- Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário

 

- Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções

 

- Não colocar alimentos quentes dentro da geladeira

 

- Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar roupas

 

- Não forrar as prateleiras

 

- Verificar as borrachas de vedação regularmente

 

- Não desligar a geladeira para depois religá-la novamente, pois esse processo consome mais energia 

 

Iluminação

 

- Priorizar a iluminação natural ou lâmpadas econômicas (LED)

 

- Apagar a luz ao sair de um cômodo

 

Ferro de passar

 

- Juntar roupas para passar de uma só vez

 

- Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura

 

- Nunca deixar o ferro ligado enquanto faz outra atividade

 

Aparelhos em stand-by

 

- Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências

 

(Com informações da Aneel)

 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 208 Dezembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados