PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 23 de Dezembro de 2019, 15h:33
Tamanho do texto A - A+
ENTRETENIMENTO
ASSÉDIO MORAL Twitter

Rose registra B.O contra advogado dos irmãos de Gugu

Por: MSN

reprodução

rose

 

Na última quarta-feira, 18, a médica Rose Miriam Souza di Matteo registrou um boletim de ocorrência contra o Carlos Eduardo Farnesi Regina, advogado que representa Armândio e Aparecida Liberato, irmãos de Gugu.

 

O motivo é que ela teria sofrido assédio moral pelo profissional, enquanto estava sob efeito de calmantes durante o funeral do apresentador. De acordo com a versão registrada no BO, logo após o sepultamento os familiares foram para a casa de Armândio e em seguida para o escritório de Gugu, em Alphaville. Foi lá que Rose teria sido induzida pelo advogado a assinar documentos, mesmo estando abalada pela situação.

 

Rose procurou o advogado Nelson Wilians para anular os papeis que havia assinado e retornou com os filhos para os Estados Unidos. Já em Orlando (EUA), foi procurada por Homero Salles, amigo da família de Gugu, a fim de que revogasse os poderes dado a Wilians.

 

Já Carlos Eduardo Farnesi Regina divulgou a seguinte nota: “Representei os interesses de Gugu Liberato como advogado por mais de 15 anos e agora represento a família em seu espólio. Gugu deixou um testamento que foi lido em ato solene na presença de dois tabeliães e de todos os beneficiados. Nessa mesma reunião realizada, todos os presentes, inclusive Rose Miriam acompanhada de seu irmão, concordaram com o cumprimento imediato da última vontade do apresentador e conferiram a mim a incumbência de promover o inventário, agora sob sigilo, judicial. (…) Causa espanto que atos públicos e realizados a luz do dia sejam tratados como coação, enquanto atos praticados na calada da noite em residências sejam admitidos como normais”. 

 

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Rose declarou que vai lutar por herança e afirma que eram casados.

 

Entenda o caso

Após ser aberto o testamento de Gugu, assinado por ele em 2011, a herança deixada pelo apresentador foi destinada em 75% para os três filhos João, Sofia e Marina (gêmeas), e 25% entre os sobrinhos. Rose, a mãe de João e das gêmeas, não foi mencionada nem como curadora legal das meninas que ainda não têm idade legal para assumir os bens.

 

Rose decidiu contestar a decisão, pois mesmo não tendo oficializado a união os dois viviam juntos há anos. Caso ela ganhe a causa, passará a ter direito sobre a metade da herança do apresentador.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 215 Fevereiro de 2020

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados