PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019, 08h:11
Tamanho do texto A - A+
ESPORTE
GRÊMIO Twitter

Com três desfalques no meio, Darlan vê caminho aberto para seguir no Grêmio contra o Fla

Por: Globo esporte

Lucas Uebel

DARLAN

 

De uma só vez, três nomes do meio-campo do Grêmio se ausentam na semana do reencontro com o Flamengo, no próximo domingo, às 16h, na Arena. Matheus Henrique e Rômulo são desfalques certos, Michel ainda não voltou a treinar e o espaço se abre para Darlan seguir como titular depois da vitória sobre a Chapecoense.

 

Maicon retorna ao setor para dar a experiência após ser preservado. Darlan começou o jogo na Arena Condá ao lado de Matheus Henrique, agora com a seleção olímpica.

 

Rômulo não pode atuar contra o Flamengo, já que está emprestado pelo clube carioca. Michel se recupera de uma pancada no joelho esquerdo sofrida na semana passada. A bola fica cada vez mais próxima do jovem formado em casa.

 

— Já revelamos alguns garotos. Podemos revelar outros. É um trabalho muito bom que a gente tem feito junto com a base. As oportunidades vão aparecer. Se não esse ano, ano que vem no Estadual. E quem vai dar a resposta vai ser eles. A gente tem procurado fazer de tudo pra revelar outros garotos — disse Renato depois da vitória sobre a Chapeconse.

 

> Os problemas no meio-campo

 

Matheus Henrique - seleção olímpica

Rômulo - pertence ao Flamengo

Michel - pancada no joelho esquerdo

Darlan terá apenas a segunda oportunidade de jogar ao lado de Maicon, referência no processo gremista de lapidar meio-campistas. Antes, a dupla se formou no empate com o Juventude, pela partida de volta das quartas de final do Gauchão, em março.

 

Também com estilo de posse de bola, o jovem surge como o próximo em uma fila de formação que tem Arthur e Matheus Henrique como expoentes no meio de campo tricolor. Os dois passaram pela parceria com Maicon e receberam diversas orientações do então capitão.

 

Momento instável de Michel

Desde a goleada para o Flamengo, na semifinal da Libertadores, Michel entrou em campo apenas uma vez, na vitória sobre o Vasco, em São Januário. Por conta do desempenho no Maracanã, virou alvo da torcida. Em jogos na Arena, contra Botafogo e Inter, não ficou nem no banco de reservas, preservado.

 

No treino da terça-feira da semana passada, antes do duelo com o CSA, apontou dores no joelho esquerdo e saiu mais cedo da atividade. Desde então, faz tratamento.

 

Em outros tempos, Michel seria a primeira opção para substituir Maicon ou Matheus Henrique. Agora, precisa voltar a treinar pelo menos até sexta para ter condições de ser considerado pelo treinador.

 

Improviso como alternativa

No último domingo, o zagueiro David Braz encerrou a partida como volante ao lado de Matheus Henrique. Apesar de já ter jogado por ali, Braz é requisitado para a defesa, pois Kannemann está com a seleção argentina e também desfalque contra o Flamengo.

 

— É uma decisão do Renato, estou aí para ajudar. Já tinha atuado umas três vezes por ali no Flamengo. Quando tem a oportunidade, a gente procura ajudar da melhor maneira, seja qual for a posição — comentou Braz.

 

É uma situação improvável, mas daria a Renato um jogador com características mais defensivas no setor. Com isso, Paulo Miranda entraria na zaga. Na Libertadores, o treinador optou por povoar o meio-campo ao colocar Michel ao lado de Maicon e Matheus Henrique para tentar segurar o Flamengo. Não funcionou, mas a estratégia não foi vista como equivocada.

 

O Grêmio treina novamente na tarde desta quarta-feira, no CT Luiz Carvalho, e começa a se preparar para o jogo contra o Flamengo, no domingo, às 16h, na Arena. Além de Maicon, Cortez, Léo Moura e Geromel voltam ao time.

 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 208 Dezembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados