ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 09 de Julho de 2018, 15h:26
Tamanho do texto A - A+
Twitter
RETORNO

Volta à China, Copa ruim e idade colocam futuro de Paulinho em xeque na Seleção

Por: Globo Esporte

Foto: Reprodução

 

 

Paulinho está de volta ao Guangzhou Evergrande por uma fortuna. O clube pagou cerca de 50 milhões de euros (R$ 230 milhões) ao Barcelona e um salário vultoso ao jogador. Mas a contratação é uma das pontas que colocam em xeque o futuro do volante na seleção brasileira.

 

Tite não é lá muito fã dos efeitos causados pela baixa competitividade da liga chinesa, embora Renato Augusto, único convocado que atua por lá, quase tenha salvado o Brasil na Copa do Mundo ao entrar no segundo tempo, fazer um gol e ter ficado a centímetros do empate, num chute que raspou a trave direita do goleiro Courtois.

 

Renato era titular, mas perdeu a vaga muito por conta da China. Mesma razão que tirou do zagueiro Gil a possibilidade de ir à Rússia, e que fez a comissão técnica se empolgar com a ida de Paulinho para o Barcelona, em agosto do ano passado.

 

Mas a questão de Paulinho vai além. Foi a segunda Copa do Mundo ruim do jogador. Em 2014, depois de uma temporada sem brilho no Tottenham, ele também não havia rendido o que se esperava. Tanto que perdeu a posição para Fernandinho ao longo do torneio.

 

Dessa vez, Tite não o colocou no banco de reservas. Apostou naquele que foi um dos mais decisivos atletas de sua trajetória até a Copa, com oito gols. Mas o substituiu nas cinco partidas da Seleção, algo que até então era muito raro.

 

Em todas as avaliações, internas e da crítica, o meio-campo foi o principal problema da seleção brasileira no Mundial. Não protegeu sua linha defensiva da maneira mais adequada, embora Thiago Silva e Miranda, com o auxílio valioso de Casemiro, tenham se destacado, nem criou o suficiente para municiar o ataque, apesar do número de chances criadas, muito por conta das individualidades de Neymar e Philippe Coutinho.

 

Nesse setor, o meio, jogadores que enchem os olhos da comissão técnica estão surgindo. Um deles é justamente um potencial substituto de Paulinho no Barcelona: o jovem Arthur, ex-Grêmio, de 21 anos.

 

Outro é Paquetá, jovem do Flamengo que seduziu Tite e seus auxiliares em observações recentes.

 

Ao assumir o comando da equipe, Tite resgatou Paulinho por conta do tempo em que trabalharam no Corinthians, com êxito. Agora, se aceitar a proposta de renovação da CBF, o treinador fará mudanças, mas não de uma hora para outra. Serão gradativas e terão como base o grupo eliminado pela Bélgica.

 

Paulinho terá 34 anos na Copa do Mundo de 2022. A ida à China, o mau desempenho na Copa e a crueldade do tempo que não para colocam na berlinda sua sequência na Seleção.

 

 

 

Twitter



Edição 139 julho de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.