logo
Igreja Batista Getsemâni

Judiciário acata denúncia e bisavó de bebê enterrada viva vira ré em processo criminal

Redação

 

O juiz da 1ª Vara de Canarana (a 837 km de Cuiabá), Darwin de Souza Pontes, tornou ré a bisavó da criança indígena enterrada viva, Kutsamin Kamayura, 57 anos. 

 

A denúncia foi recebida nesta terça-feira (12) e a mulher passa a responder pelo crime de tentativa de homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e situação que dificultou a defesa da vítima, uma recém nascida.

 

“Preenchidos os requisitos legais, recebo a denúncia, na forma em que foi posta em Juízo”, decidiu Darwin de Souza.

A bisavó está presa desde o dia 6, como principal suspeita de ter enterrado a recém-nascida A.P.K.T. por acreditar que a criança tinha nascido morta. Nessa terça, Kutsamin seria transferida para uma unidade da Fundação Nacional do Índio, em Gaúcha do Norte (a 564 km de Cuiabá) por determinação judicial.

 

 


Fonte: Notícia Max

Visite o website: www.noticiamax.com.br