logo
Igreja Batista Getsemâni

"Paço das Artes" reúne peças artesanais da cultura várzea-grandense

Redação

 

O ‘Paço das Artes’ é mais um local que nasce com o propósito de difundir o artesanato várzea-grandense. Localizado no Paço Municipal Couto Magalhães, a nova vitrine da Casa de Artes reúne os mais variados produtos, como peças confeccionadas a partir do barro, madeira, cerâmica, telas de artes e objetos de decoração.

 

Além disso, no local o visitante pode apreciar também a Rede, produzida por artesãs das comunidades rurais do Limpo Grande e Pai André, e que hoje são conhecidas mundialmente.

 

A Superintendente de Cultura, Maria Alice Barros explica que a ideia de instalar um anexo da Casa de Artes no Paço Municipal veio da necessidade da ocupação da antiga guarita - um posto da Guarda Municipal - que estava desativada, e transformar em uma extensão da Casa de Arte, para fomentar a cultura local.

 

A prefeita Lucimar Sacre de Campos, visitou o Paço das Artes, e verificou as instalações, disse que é mais um ponto de venda do que os artistas várzea-grandenses produzem, quer seja nas artes plásticas, artesanais, manuais, cerâmica entre tantas outros formas de artes.

 

"Acredito que por meio da cultura proporcionamos ao povo sonhar, criar, interagir, se expressar, gerar empregos e renda, se educar, compreender a diversidade e reduzir a violência e os preconceitos. Neste momento, que estamos empregando políticas públicas que possam valorizar mais o artista da terra, e dar a ele condições de comercializar seus produtos. Quanto mais pontos de vendas e exposição, mais conseguimos propagar e divulgar o que de bom existe em Várzea Grande na sua produção cultural e artesanal. Por meio da cultura construímos uma lógica de sociedade mais humana, com mais amor, mais respeito, com a inclusão de toda nossa diversidade. É preciso levar o acesso à cultura a todas as classes sociais, bem como, valorizar as diversas expressões culturais da nossa cidade", afiançou a prefeita.

 

Maria Alice acredita que o ‘Paço das Artes’ em pouco tempo será mais um ponto turístico de Várzea Grande, onde diariamente passam centenas de pessoas que vem em busca de serviços ofertados pela Administração Municipal, a trabalho ou visita. “O local funciona de segunda à sexta-feira, das 08h às 18 horas, inclusive com atendimento na hora do almoço. Vale a pena visitar o local, e todos estão convidados a tomar um guaraná ralado que é servido na hora”.

 

Ela conta que várias peças já estavam sendo expostas no hall de entrada da Prefeitura Municipal, porém o espaço não comportava uma quantidade maior de produtos. Com a revitalização do prédio, os artigos artesanais estão em exposição em locais adequados e o mais importante, em um ambiente amplo e climatizado.

 

A servidora da Casa de Artes, Iris Ribeiro de Oliveira, e que agora atende no 'Paço das Artes', disse que desde o dia três de junho o local está aberta à visitação. “Quem já passou por aqui gostou e se surpreendeu com a qualidade e beleza dos produtos, e com a perfeição da produção artesanal”, disse a servidora.

 

O ‘Paço das Artes’ passa a integrar a um sistema de rede compartilhada, que nasceu para estimular e fomentar a circulação dos artesanatos produzidos no município e que estão expostos em sua totalidade na Casa de Artes.

 

Os produtos artesanais de Várzea Grande podem também ser apreciados e adquiridos nos seguintes locais: Na Peixaria Tarumã, localizada no distrito de Bonsucesso, no Restaurante Porto da Conceição, na Passagem da Conceição, no Restaurante Mirante das Águas, localizado no Jardim Potiguar e no Várzea Grande Shopping.


Fonte: Notícia Max

Visite o website: www.noticiamax.com.br