logo
Igreja Batista Getsemâni

Obra na Avenida das Torres entra na etapa de fundação das estacas raízes

Redação

 

A construção do viaduto José Maria Barbosa – Juca do Guaraná (Pai), na Avenida Profª Edna Maria Albuquerque Affi (Av. das Torres), entrou em uma nova etapa. Após a conclusão dos trabalhos iniciais de montagem do canteiro de obra e sinalização, a equipe de operários atua no processo de fundação das estacas raízes. O trabalho teve início na última semana e é executado por meio de um grande maquinário que auxilia na perfuração do solo.

 

No local, a Prefeitura de Cuiabá ainda concluiu a fase de construção de um desvio na via. O trajeto situado entre as ruas Condé e Marquesa de Santos ganhou mais oito metros, criando uma nova faixa de rolamento. Neste momento, o trecho recebe o serviço de sinalização horizontal e vertical, para ser liberado. Paralelo a isso, a concessionária Energisa Mato Grosso também realiza a substituição das torres de metal por postes de concreto.

 

A edificação leva o nome do ex-vereador por Cuiabá, José Maria Barbosa, o Juca do Guaraná. Falecido em julho de 2018, Juca fez um mandato marcante na Câmara Municipal, na legislatura de 2008 a 2012. Em sua passagem pela política, prestou grande colaboração para o desenvolvimento do município, principalmente com ações voltadas para a área social.

 

“O trabalho avança conforme planejamos. Entramos agora na fase da construção propriamente dita. Estamos fazendo as escavações para, posteriormente, instalarmos os pilares de sustentação do viaduto. É um processo que exige estremo cuidado em sua execução. Isolamos o local com barreiras de concreto e também tapumes móveis. Isso garante a segurança para os trabalhadores e também condutores que trafegam pela avenida”, explica o secretário de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues.

 

VIADUTO MURILO DOMINGOS

 

Na Avenida Manoel José de Arruda, popularmente chamada de Beira Rio, também será levantada uma estrutura semelhante. No local, a empresa contratada para a execução dos trabalhos já finalizou o estágios de topografia e montagem do canteiro de obras. Agora, aguarda o término da utilização dos maquinários de escavação na Av. das Torres, para dar andamento ao mesmo procedimento.

 

O viaduto é batizado de Murilo Domingo em homenagem ao ex-prefeito de Várzea Grande e ex-deputado federal por Mato Grosso, falecido aos 78 anos. Além da atuação política e também na área comercial, exerceu um fundamental papel no campo ambiental. Murilo foi uma das primeiras lideranças políticas a levantar discussões e a promover ações concretas de preservação do Rio Cuiabá, como a soltura de mais de 5 milhões de filhotes de peixes.

 

AS OBRAS

 

Com prazo de execução de 360 dias, obras fazem parte do conjunto de intervenções de infraestrutura, visando melhorar a mobilidade urbana. Ambos os projetos estabelecem que as estruturas tenham 200 metros de extensão e 18 metros de largura. Para isso, o Município investe o valor total de R$ 30.333.656,42, sendo R$ 16.340.726,63 para o viaduto José Maria Barbosa – Juca do Guaraná e R$ 13.992.929,79 para o viaduto Murilo Domingos.

 

 


Fonte: Notícia Max

Visite o website: www.noticiamax.com.br