PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 10h:29
Tamanho do texto A - A+
INTERNACIONAL
REGRA FOI QUEBRADA Twitter

Funcionários de obra violaram proibição de não fumar na Notre-Dame

Por: Extra

 

A empresa Le Bras Frères, responsável pela montagem do andaime no telhado da catedral de Notre Dame, em Paris, que estava em reforma quando foi tomada por um incêndio, admitiu nesta quarta-feira que alguns funcionários fumaram no local, apesar de terem sido proibidos de fazê-lo.

 

— De fato, alguns funcionários violaram essa proibição de tempos em tempos, e nós nos arrependemos — disse o porta-voz Marc Eskenazi à AFP. — Eles disseram à polícia.

 

O porta-voz respondeu a um artigo no semanário satírico Le Canard Enchaîné, publicado na quarta-feira, que afirma que a polícia encontrou sete pontas de cigarro perto do andaime.

 

Eskenazi "excluiu", no entanto, a hipótese de que uma ponta de cigarro tenha causado o incêndio que devastou parte do teto da catedral gótica e derrubou sua emblemática flecha de 93 metros.

 

— Qualquer um que já tenha tentado acender o fogo de uma chaminé (sabe que) não acontece grande coisa quando um cigarro é jogado em um tronco de carvalho — acrescentou o porta-voz, em referência aos 1.200 troncos que sustentavam o teto da catedral.

 

Eskenazi explicou que, embora fosse proibido fumar no andaime, alguns funcionários quebravam a regra porque descer dele para acender o cigarro demoraria muito.

 

Sobre a hipótese de o incêndio ter começado a partir a partir dos motores elétricos dos elevadores colocados para montar o andaime, Eskenazi indicou que nenhum "problema" foi identificado nestas estruturas.

 

— De qualquer forma, eles estão longe da flecha e, de acordo com o que foi estabelecido, o fogo começou dentro do prédio — disse Eskenazi. — Sob nenhuma circunstância eles são responsáveis ​​pelo incêndio.

 

Os investigadores acreditam que o fogo se originou acidentalmente, provavelmente por um curto-circuito, mas os especialistas terão que estudar minuciosamente todos os restos calcinados para determinar exatamente a causa do incêndio.

 

A catedral de Notre Dame é o monumento histórico mais visitado da Europa, com cerca de 13 milhões de turistas anuais.

 

Twitter

PUBLICIDADE



Edição 192 Agosto de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados