PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 17h:56
Tamanho do texto A - A+
INTERNACIONAL
MIGRAÇÃO Twitter

Nova caravana com pelo menos 800 migrantes hondurenhos chega ao México

Por: Agência EFE

 

Uma nova caravana de migrantes, formada por pelo menos 800 pessoas, cruzou nesta sexta-feira (12) de madrugada a fronteira entre Guatemala e México de forma irregular.

 

"O Instituto Nacional de Migração (Inami) informa que, às 3h30 (7h30 em Brasília) da madrugada, um grupo de aproximadamente 350 pessoas ingressou de forma violenta na fronteira do México em Ciudad Hidalgo, procedente da Guatemala", indicou o órgão mexicano em um boletim.

 

Segundo o Inami, "(os migrantes) romperam o cadeado que fecha a grade fronteiriça e ingressaram no país". Além deste primeiro grupo, mais pessoas se uniram à caravana, somando 800 no total.

 

"No geral, a atitude dos migrantes foi hostil e, inclusive, ocorreram agressões à polícia local", segundo o Inami.

 

A nova caravana começou seu percurso na quarta-feira passada, partindo da cidade de San Pedro Sula, no norte de Honduras.

BGHJU

 

 

Por outro lado, na noite da quarta-feira, um grupo de cubanos que viajava em ônibus com documentos que garantiam sua estadia no México foi detido por membros do Inami no posto migratório de Huehuetán, segundo reportaram as autoridades.

 

Os agentes de migração pararam o ônibus no qual viajavam os cubanos, que tiveram seus documentos pessoais confiscados, como o passaporte e a autorização que os permitia transitar livremente no país.

 

Uma ONG conseguiu evitar que sete cubanos fossem detidos e transferidos à uma estação migratória para serem deportados, enquanto outros não tiveram a mesma sorte.

 

Calcula-se que mais de três mil cubanos estão retidos em Tapachula, no sul do México, e não obtiveram resposta para suas solicitações de um ofício de saída, depois que o Inami fechou os escritórios de regularização migratória por supostas irregularidades na expedição dos documentos.

 

Aproximadamente 800 migrantes cubanos que estão parados desde fevereiro em Tapachula chegaram a um acordo esta semana para partir nos próximos dias em uma espécie de caravana "via crúcis" - coincidindo com a Semana Santa - para cruzar o México e chegar à fronteira com os Estados Unidos.

Twitter

PUBLICIDADE



Edição 184 Junho de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados