ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 05 de Novembro de 2018, 10h:38
Tamanho do texto A - A+
Twitter

Marketing Político já começou – Parte 2

Por: CLÁUDIO CORDEIRO

Cláudio Cordeiro

 

Sim, podemos aqui dividir em três categorias, os que foram eleitos, os que não foram e os marinheiros de primeira viagem.

 

Ficou claro nesse último pleito que caiu por terra quase tudo que se fazia anteriormente. Hoje mais do que nunca o foco da propaganda é digital com conteúdo relevante, branding, segmentação, impulsionamento e outras cositas más...

 

Os que foram eleitos e os que não foram, devem fazer o dever de casa principal nesse momento que é de passar por onde conseguiu votos e agradecer, não precisa ficar com medo, pois as pessoas não vão cobrar nada agora o que foi prometido, terão sua chance na hora certa. E, o que mais é ruim é o eleitor ferido, então faça esse último esforço e sele a simpatia e admiração com o eleitor.

 

Os que não foram eleitos devem fazer o mesmo, pois o pouco que conseguiram é o muito para uma nova jornada.

 

Os que querem criar autoridade devem iniciar do início, vem procurar ajuda profissional de um consultor político, marqueteiro, publicitário ou como queira chamá-lo, pois o importante é começar.

 

Partindo sempre da premissa que criar algo falso, não se sustenta, então por isso que você deve buscar alguém que possa lhe ajudar de forma profissional, pois com as tecnologias atuais há uma verdadeira necessidade percorrer o caminho tomando chás de pesquisas, doses de bom senso e tudo isso cercado de inspiração e transpiração. Ainda se enganam ou preferem se enganar quem pensa que as coisas acontecem de forma milagrosa e através de receitas caseiras. Acreditem, o presidente eleito JB teve muita expertise, estrutura, investimentos e tempo para construir todo esse processo vitorioso.

 

Agora que o eleitor já te conhece, não caia no erro de muitos, o de achar que pode caminhar sozinho, volto a dizer, contrate urgente alguém que vai ajudá-lo e aconselhar da melhor forma, pois o fogo amigo antes ditos nos artigos pretéritos continuará a lhe blindar e quando acordar será tarde. Pois a maior força que um político pode ter é o mandato, assim é inconcebível que o mesmo perca uma reeleição e isso acontece bastante, geralmente por estar cercado de amigos que nada o ajuda, aliás pelo contrário. 

 

Está chegando o natal uma data fortíssima para N trabalhos.

 

Investir em segmentação nas listas de mailing, para WhatsApp, em e-mkt ..., fará toda, toda, toda diferença na sua vida pública, acho que este é um dos meus melhores indicadores que consigo projetar e que não abro mão.

 

É claro e evidente que para o sucesso faz-se a necessidade de outras ciências que andam de mãos juntas nessa caminhada, tais como: propaganda, assessoria de imprensa, live marketing, branding, pesquisa, informática... Quando um político não se comunica ele se trumbica, fazendo aqui alusão no que dizia o Velho Guerreiro.

 

Outra coisa muito prejudicial que deve ser dosada é o excesso de exposição e muito “blábláblá” misturado com pouca ação, se torna uma mistura que na maioria das vezes não existirá remédio e muito menos cura.

 

Descobrir quem é o seu eleitor e o que ele precisa é a palavra de ordem pra iniciar todos os planejamentos estratégicos de gestão e de marketing. Seja político, faça sua parte.

 

Para finalizar este artigo que continuarei dando sequência por ser muito vasto o assunto quero citar o Nicolau Maquiavel na sua obra O Príncipe. “Quem não lança os alicerces primeiro com uma virtude poderá estabelecê-los depois, embora isso represente um grande esforço para construir e perigo para o edifício.”

 

Cláudio Cordeiro
Publicitário, Advogado, Consultor Político ABCOP
Publicista Latino-Americano, Membro ALAP, Diretor da FENAPRO e da Agência Gonçalves Cordeiro.

Twitter



Edição 157 Novembro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.