ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 02 de Outubro de 2017, 16h:17
Tamanho do texto A - A+
Twitter

Sorrir faz bem

Ter um sorriso bonito é o sonho de muitos. Para conseguir isso, o melhor remédio é prevenir

Por: Ernani Caporossi

ernani caporossi

ERNANI CAPOROSSI

Ter um sorriso bonito é, com certeza, o sonho de muitos brasileiros. Para conseguir isso o melhor remédio, é prevenir. Além dos cuidados diários, como escovar e usar fio dental, ir ao dentista desde a infância garante um sorriso saudável a vida toda.

 

O problema é que este ainda não é um habito da maioria das pessoas, que só procuram o profissional quando sentem dor ou algum desconforto.

 

Por muito tempo, a ida ao dentista era associada ao sofrimento. Realidade que mudou com as inúmeras inovações tecnológicas que, além de rapidez, garantiram menos dor e mais eficiência nos tratamentos.

 

Os pacientes exigem tratamentos menos invasivos, mais rápidos e previsíveis. Hoje, existe um sistema de anestesia computadorizada, que dosa a penetração e quantidade de anestésico, praticamente anulando qualquer dor.

 

Essas inovações também passaram a garantir um sorriso perfeito até mesmo para quem não foi abençoado com belos dentes.

 

As novas técnicas existentes no mercado permitem aumento, clareamento, novas formas, além de várias outras intervenções na boca do paciente

.

O clareamento, por exemplo, pode uniformizar o tom dos dentes e eliminar manchas. Já a padronização do formato é possível com o uso de facetas de porcelana.

 

Elas permitem fechar os espaços, modificar a forma, a cor e o tamanho dos dentes com o mínimo de desgaste.

 

Na primeira sessão é feita a moldagem. Na segunda, ocorre a instalação provisória e uma prova estética para checar o resultado. Na terceira, são cimentadas as facetas definitivamente.

 

Há ainda procedimentos que deixam a gengiva menos aparente ao sorrir. Eles podem ser cirúrgicos ou com uso de toxinas. A definição do tratamento mais adequado depende de um bom planejamento.

 

Um dos grandes aliados dos profissionais nesta tarefa é a fotografia. Ao ser fotografado, a pessoa revela suas vergonhas e traumas decorrentes dos dentes.

 

Muitas pessoas não conseguem sorrir porque te vergonha dos dentes. E o sorriso natural é aquele que você mostra com satisfação os seus dentes.

 

Por isso, sempre dizemos que ter dentes saudáveis é fundamental para o bem estar e auto estima da pessoa.

 

Por meio da consulta e analise das fotos são definidas intervenções necessárias para obter o resultado desejado pelo paciente, seja com aumento no tamanho dos dentes, diminuição do espaçamento entre um e outro, alteração no formato de cada órgão, clareamento, redução da gengiva, além de várias outras.

 

Importante ressaltar também que, além da estética, algumas destas técnicas também melhoram a funcionalidade da arcada dentária. É o caso do uso de aparelhos ortodônticos. Apesar de estar a mais tempo no mercado, o tratamento está cada vez menos agressivo e mais eficiente.

 

A ortodontia conta nos dias atuais, com materiais discretos, e uma das maiores conquistas foi a redução do tempo de uso dos aparelhos.

 

Hoje, o paciente fica menos tempo com o aparelho e vai menos ao dentista. No final, o alinhamento dos dentes garante a oclusão certa e altera as expressões faciais, já que o mau posicionamento causa desconforto e muda até mesmo a aparência da pessoa.

 

Quando não é possivel preservar algum dente, pode-se ainda recorrer aos implantes osseointegráveis. Antes considerado doloroso e caro, o procedimento passou a ser mais acessível. O tipo de material utilizado também garantiu maior eficiência no resultado final.

 

A maior causa da perda dos dentes ainda é a carie. Por este motivo prevenir é o melhor remédio. O ideal é fazer pelo menos duas visitas ao dentista no ano.

 

Por meio do diagnóstico de problemas bucais, destaca ele, é possível identificar até mesmo doenças sistêmicas que atingem outras regiões do corpo.

 

Alguns estudos já comprovaram que problemas na gengiva podem ter relação com doenças do coração. Por este motivo, a ida ao dentista é fundamental.  

 

O dente  é um órgão que tem a função mastigatória e também estética. É preciso ficar de olho em qualquer situação anormal.

 

O ideal é que as primeiras consultas sejam feitas já nos primeiros meses de vida do bebê, acompanhando desde o nascimento dos dentes de leite até os definitivos, que surgem por volta dos 6 anos.

 

ERNANI CAPOROSSI é especialista em Dentística Restauradora e Prótese Dental, MBA em Gestão em Saúde, membro fundador da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE), da Academia Brasileira de Osseointegração (Abrossi) e da Sociedade Brasileira de Reabilitação Oral (SBRO).

Twitter



Edição 149 de Setembro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.