ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 13 de Abril de 2018, 13h:34
Tamanho do texto A - A+
Twitter
DECEPÇÃO

VTL 299

Por: VICENTE VUOLO

Cuiabá completou 299 anos no último dia 8 de abril. E para a decepção de uma geração, a sua principal obra, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), continua abandonada.

 

São quase 6 anos de desleixo desde o lançamento da obra. O sistema VLT foi projetado, ao custo de R$ 1.477 bilhão, para atender 22,2km de extensão, dividido em duas linhas: o corredor 1 saindo do aeroporto até o CPA e a linha 2 do centro ao Coxipó da Ponte. A obra, iniciada em agosto de 2012, deveria ter sido entregue em junho de 2014, antes mesmo do início dos jogos da Copa do Mundo. Deveriam estar em circulação 40 composições para abrigar, cada uma, até 71 passageiros sentados, exibindo segurança, conforto, rapidez e sustentabilidade. Uma verdadeira revolução no sistema de transporte cuiabano.

 

Mais um aniversário da centenária cidade verde, e nenhuma preocupação com essa data e com o tema. Só se ouve promessas nos quatro cantos da cidade e preocupações políticas e eleitoreiras. Onde estão os responsáveis (ou irresponsáveis) por essa proeza? Com certeza, eles não estão nem um pouco preocupados com esse desastre financeiro e ambiental. Que presente de aniversário, hein! Um protótipo do VLT 299!  O VLT da vergonha e da impunidade.

 

Chora Cuiabá! Mancharam a sua história mais uma vez. Uma história de 299 anos bonita de se ver. Herança de várias culturas. Povos que vieram de todas as partes aqui viver.

 

Quanto desleixo! Uma cidade fadada para morrer logo após a decadência do Ciclo do Ouro, isolada do mundo. Mas, graças aos nossos antepassados, que com garra e amor, sustentaram a nossa cidade por mais de 200 anos, para transformá-la nessa grande metrópole, hoje.

 

Falta de respeito por um povo trabalhador e hospitaleiro. É o Portal da Amazônia e Centro Geodésico da América do Sul. São mais de 1 milhão de habitantes que se misturam entre as duas maiores cidades do Estado.

 

Para esses políticos que a tratam dessa maneira, Cuiabá é apenas uma cidadezinha às margens do rio Cuiabá. Uma cidade de latão jogada as traças.

 

Ao contrário, para nós cuiabanos, Cuiabá é o meu tesouro, torrão do meu coração.

 

A região tem um enorme potencial para o turismo ainda inexplorado. O turismo gera empregos dos mais variados, em atividades que se complementam e podem ser geridas de forma sustentável sem agredir o meio ambiente.

 

Se planejado adequadamente, o desenvolvimento da indústria do turismo pode se integrar com outros vetores de desenvolvimento e atender a juventude ávida por empregos, especialmente na área de tecnologia da informação e nas áreas tecnológicas ligadas ao agronegócio.

 

Infraestrutura, turismo e tecnologia de ponta se integram e podem produzir resultados fabulosos para nossa região. Mas, se continuarmos a gerir os projetos como foi feito como o VLT, não honraremos nossos antepassados, que com coragem e amor à terra nos legaram essa história de 299 anos de glórias e desafios vencidos.

 

VICENTE VUOLO é economista e cientista político 

Twitter



Edição 160 Dezembro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.