ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 17h:18
Tamanho do texto A - A+
Twitter
AÇÃO FRUSTRADA

Assaltantes fazem gerente do Banco do Brasil e sua família reféns em MT

Por: Gazeta Digital

 

Quatro bandidos fizeram um gerente do Banco do Brasil e sua família de reféns, na manhã desta sexta-feira (14), no município de Santo Antônio do Leverger (34 km ao Sul de Cuiabá). Os bandidos tinham a intenção de assaltar a agência bancária.

 

De acordo com informações da polícia, a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) foi acionada pela segurança do Banco do Brasil, no início da manhã, que comunicou sobre o sequestro. As informações indicavam que a situação acontecia na modalidade conhecida como “sapatinho”.

 

Segundo a polícia, nessa modalidade os criminosos fazem o gerente e família reféns, na noite anterior ao crime, para conseguir efetivar o roubo. Na manhã seguinte, o gerente é liberado para ir até a agência e sacar todo o dinheiro do cofre, enquanto a família permanece em poder dos suspeitos, até que seja entregue todo o valor dos cofres.

 

Ao tomar conhecimento do sequestro, a GCCO iniciou as diligências, que contou com o apoio dos policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), inclusive com sobrevoo de aeronaves.

 

Ao perceber a presença das forças policiais, os criminosos desistiram da ação, e libertaram as vítimas no bairro Pedra 90, em Cuiabá. Não há informações sobre a identidade e localização dos criminosos.

 

De acordo com o delegado da GCCO, Diogo Santana Souza, nesse tipo de ação é fundamental não permitir que o pagamento de resgate aconteça, a fim de garantir o bem-estar das vítimas e impedir a efetivação do crime.

 

“O objetivo era evitar confronto com os suspeitos, pois isso poderia levar ao ferimento de alguma das vítimas. O trabalho visa, em primeiro plano, a libertar as vítimas em segurança, sem pagamento de resgate, o que foi conseguido com sucesso”, disse.

 

Assim que identificados, os suspeitos serão indiciados pelo crime de extorsão mediante sequestro.

 (Com informações da Assessoria da PM)

Twitter



Edição 157 Novembro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.