ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 14h:15
Tamanho do texto A - A+
Twitter
SEGURANÇA

Novo comandante da PM quer fortalecer ações operacionais e combater crime organizado

Por: Assessoria

 

O coronel Jonildo José de Assis assumiu o Comando Geral da Polícia MIlitar, na noite desta quinta-feira (10.01), anunciando três eixos de atuação: o fortalecimento das ações operacionais primárias e de combate ao crime organizado; a integração com outras forças e a comunidade; e a valorização dos bons policiais. Ele substituiu o coronel Marcos Vieira da Cunha no comando da corporação.

 

Em cerimônia presidida pelo governador Mauro Mendes no Quartel do Comando Geral (QCG), o coronel Assis destacou a importância da presença ostensiva da polícia nas ruas, fazendo o trabalho de abordagem e checagem para prevenção e repressão à criminalidade.

 

Assis disse que o objetivo é reforçar a integração operacional e de inteligência com outras forças da Segurança Pública. Ele entende que além de fazer segurança com mais qualidade, essa integração permite o combate efetivo do crime organizado.

 

Valorizar e estreitar as relações com a sociedade e os movimentos comunitários também estão nos planos do novo comandante. Para ele, é fundamental estar lado a lado com àqueles para os quais a Polícia Militar trabalha. “Nós, policiais, também buscamos segurança, somos pais, maridos, filhos, irmãos, portanto cidadãos parte da sociedade mato-grossense”, lembrou.   

 

O governador Mauro Mendes agradeceu ao novo comandante por aceitar o desafio de comandar a PMMT. “Não será uma tarefa fácil, mas é a nossa oportunidade, de cada um da atual gestão, mostrar capacidade e lealdade ao povo mato-grossense”, declarou.

 

O governador disse que acredita que sob a liderança do coronel Assis a Polícia Militar vencerá os obstáculos e fará segurança com qualidade à população. Mendes agradeceu o comandante sucedido, coronel Cunha, pela dedicação.

 

Cunha, por sua vez, desejou sucesso ao coronel Assis e disse que está levando consigo o orgulho de ter comandado a Polícia Militar por um ano e meio. “A PM é uma instituição nobre, formada por valorosos policiais, homens e mulheres engajados na causa da segurança pública”, completou.

 

A solenidade de troca de comando foi prestigiada por centenas de autoridades. Em um ato de boas-vindas o Comando da Polícia Militar entregou ao governador uma placa metálica com o brasão da PMMT e um buquê de flores a primeira dama Virgínia Mendes.  

 

Currículo

 

O novo comandante-geral da PM tem 42 anos e ingressou na carreira militar em 1995. A primeira função desempenhada foi a de comandante do Pelotão do Corpo de Alunos de Formação de Soldados do 6º BPM, em Cáceres.

 

Assis ocupou outras posições de destaque, entre elas, comandante do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do Grupo Especial de Segurança de Fronteira (Gefron) e, por último, secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp entre setembro de 2017 e sua posse como comandante-geral. 

Twitter


Veja mais sobre este assunto:


Edição Especial de Natal 162 Dezembro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.