PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 15h:51
Tamanho do texto A - A+
POLÍCIA
REPRESSÃO Twitter

Operação integrada prende 86 pessoas na Região Araguaia

Por: Redação

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) reforçou as ações repressivas na Região Araguaia do Estado e prendeu 86 pessoas em oito dias de operação integrada. Foram contemplados 12 municípios da Região Integrada de Segurança Pública (Risp) de Barra do Garças e Água Boa. Do total de prisões, 21 foram em flagrante.

 

A “Operação Salutem”, coordenada pela Secretaria Adjunta de Integração Operacional (Saiop) da Sesp, começou no dia 02 de junho e seguiu até o dia 09 do mesmo mês. No período, foram abordadas 2.296 pessoas e 1.434 veículos, que resultaram na apreensão de oito armas de fogo.

 

Ao todo, nas duas regiões, foram empregados 501 profissionais da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar e o Instituto de Defesa Agropecuária (Indea).

 

Foram contemplados os municípios de Água boa, Nova Xavantina, Querência, Campinápolis, Cocalinho, Nova Nazaré, Canarana, Ribeirão Cascalheira, Serra Nova Dourada, Bom Jesus do Araguaia, Barra do Garças e Pontal do Araguaia.

 

“Mais uma vez a integração das forças de segurança e demais secretarias do Estado alcançou resultados satisfatórios. Nosso objetivo é avançar ainda mais na repressão da criminalidade nos 141 municípios de Mato Grosso”, destaca o secretário da Saiop, coronel PM Victor Paulo Fortes.

 

A “Operação Salutem” visa à repressão aos crimes de roubos e furtos de veículos e cargas, adulterações de sinais de identificação veicular, tráfico de entorpecentes, transporte irregular de cargas, porte ilegal de arma de fogo, dentre outros. A ação já foi deflagrada nas Risps de Cuiabá, Várzea Grande, Barra do Garças e Água Boa.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 183 Junho de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados