ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Terça-Feira, 15 de Maio de 2018, 09h:04
Tamanho do texto A - A+
Twitter
FISCALIZAÇÃO

Sema apreende 100 kg de pescado irregular no Teles Pires

Por: Gcom

 

Uma operação especial de fiscalização no Rio Teles Pires, próxima a barragem da usina hidrelétrica de Sinop (a 503 Km de Cuiabá), terminou com a apreensão de aproximadamente 100 Kg de pescado irregular.  A ação foi realizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), em conjunto com a Diretoria de Unidade Desconcentrada de Sinop (DUD Sinop), Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) e o 11° Batalhão de Polícia Militar de Sinop.

 

O procedimento ocorreu neste domingo (13.05) e capturou peixes das seguintes espécies: Pintado, Corvina, Tucunaré, Trairão, Curimbatás, Cachorra e Matrinchã, que foram doados para a Instituição Filantrópica Lar dos Vicentinos, em Sinop.  Além do pescado apreendido, os fiscais também confiscaram quatro barcos com motores de popa e diversas varas com molinetes e carretilhas com caixas de pesca.

 

Conforme o coordenador de Fiscalização de Fauna da Sema, Júlio Reiners, os envolvidos estavam sem a carteirinha de pescador e estavam fazendo a pesca predatória em local proibido. “É ilegal a captura de peixes fora da medida permitida por lei e também a captura nas proximidades de usinas hidrelétricas”, informa.

 

As duas pessoas pegas praticando a pesca ilegal, foram encaminhadas para a Polícia Civil e devem responder por crime ambiental.  A multa aplicada foi de R$ 11.994,00.    

 

Regras da pesca

 

Embora esteja fora do período de defeso da piracema estadual, os pescadores profissionais e amadores precisam seguir algumas regras determinadas pela Lei Estadual nº 9.096/2009. Ela estabelece a proibição para uso de apetrechos de pesca como: tarrafa, rede, espinhel, cercado, covo, pari, fisga, gancho, garateia pelo processo de lambada, substâncias explosivas ou tóxicas, equipamento sonoro, elétrico ou luminoso.

 

As medidas mínimas dos peixes constam na carteira de pesca do Estado e algumas delas são: piraputanga (30 cm), curimbatá e piavuçu (38 cm), pacu (45 cm), barbado (60 cm), cachara (80 cm), pintado (85 cm) e jaú (95 cm).

 

Denúncias

 

O cidadão pode denunciar a pesca predatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838/ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

 

 

Twitter



Edição 152 Outubro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.