ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quinta-Feira, 11 de Janeiro de 2018, 09h:09
Tamanho do texto A - A+
Twitter
SUSPEITA DE LATROCÍNIO

Servidor tem pés e mãos amarrados e é morto com sinais de tortura

Por: Redação

Agora MT

 

O servidor público Adailton Rodrigues Ramos, 44, foi encontrado morto dentro de sua residência, no bairro Jardim Violeta, na noite de quarta-feira (10), na cidade de Rondonópolis (247 km de Cuiabá). A vítima, que era lotada na Secretaria de Saúde, foi localizada caída com os pés e mãos amarrados, o que faz a polícia acreditar que ele passou por um ritual de tortura antes de ser assassinado. 

Adailton é conhecido pelo apelido e “Tieta”. Ele também já foi proprietário da danceteria "Danging Mix", em Rondonópolis. De acordo com os familiares de Adailton, o funcionário público estava desaparecido desde a noite de domingo (7). Diante disso, os parentes fizeram um boletim de ocorrência pedindo ajuda pelo seu paradeiro.

Os militares foram até a casa de Adailton e ao se aproximarem, sentiram um forte odor, vindo do interior da residência. Os policiais foram até o fundo e encontraram a porta aberta. Ao entrarem no imóvel, os PMs viram o corpo, já em estado de decomposição.

A Polícia Civil relatou que a porta dos fundos estava “escancarada”, além de constar que a vitima pode ter “lutado” com o assassino. A linha de investigação da PC é de que houve um latrocínio – roubo seguido de morte. Os militares informaram ainda que os assassinos levaram, dois televisores, um computador e o aparelho celular da vítima. 

Ainda conforme a Polícia Civil, vizinhos afirmam ter visto o homem pela última vez na segunda-feira (8), possível data do assalto.

A casa foi isolada e analisada por agentes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). O corpo foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), para exames de necropsia.

 

Twitter



Edição 152 Outubro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.