PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 18 de Dezembro de 2019, 15h:01
Tamanho do texto A - A+
POLÍCIA
SEGURANÇA PÚBLICA Twitter

Sistema de radiocomunicação digital será implantado em 12 municípios do estado

Por: NOTICIAS AO MINUTO

REPRODUÇÃO

POLÍCIA

 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) implantará, no próximo ano, a radiocomunicação digital nas unidades da Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). Inicialmente, a tecnologia será disponibilizada para 12 cidades e dois distritos do estado. O aporte financeiro destinado ao incremento da comunicação chega a quase R$ 10 milhões. A previsão é que em abril de 2020 o serviço já esteja efetivado.

 

Ao todo, serão adquiridas 950 unidades de rádio portátil, 160 rádios móveis e 80 fixos, além de demais instrumentos materiais para o funcionamento da radiocomunicação digital. Os recursos são oriundos de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado entre a Sesp e o Ministério Público Estadual (MPE), por meio do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, que destinou pagamento de transação penal para o investimento na área.

 

Serão contemplados os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Poconé, Barão de Melgaço, Santo Antônio de Leverger, Nossa Senhora do Livramento, Jangada, Acorizal, Chapada dos Guimarães, Rosário Oeste, Nova Brasilândia, Planalto da Serra e os distritos de Agrovila das Palmeiras e Paraíso do Manso.

 

“É muito importante a união das instituições para alcançarmos soluções concretas para a segurança pública”, enfatiza o promotor de justiça Mauro Zaque, autor do TAC que destinou o recurso para a Sesp.

 

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Fortes, disse que a inserção da tecnologia digital no sistema de comunicação das unidades trará mais rapidez e segurança na comunicação.

 

“Este investimento é importante, pois vai permitir uma maior abrangência de comunicação e qualidade na informação. O Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) ganha, pois teremos uma comunicação totalmente digital, segura e criptografada. Tudo isso vai possibilitar a segurança dos profissionais que atuam na ponta e do cidadão que precisa de atendimento. A digitalização é um avanço muito grande, um legado para as unidades das forças de segurança”, destaca.  

 

Segundo o coordenador do Ciosp, tenente coronel PM Siziéboro Elvis de Oliveira Barbosa, a mudança de comunicação analógica para a digital traz mais agilidade para o atendimento das ocorrências policiais.

 

“O que muda é a segurança da informação, pois na configuração digital os dados são criptografados, ou seja, não terá nenhum tipo de interferência. Este método possibilita também uma comunicação sem ruído, objetivando maior clareza. A tecnologia vai permitir ainda o aumento da área de cobertura. Por exemplo, um policial aqui do Ciosp poderá falar com o profissional que está na ocorrência”, enfatiza.

 

Além da região metropolitana de Cuiabá, a Sesp planeja abranger a radiocomunicação digital para o efetivo que atua na fronteira de Mato Grosso com a Bolívia. O sistema está em fase de implantação.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 215 Fevereiro de 2020

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados