Sexta-Feira, 11 de Agosto de 2017, 16h:43
Tamanho do texto A - A+
CASA DOS GRAMPOS

“Eu o conheço”, afirmou o chefe da Casa Civil sobre inocência de Paulo Taques

Por: Redação

Reprodução

“Eu o conheço”, afirmou o chefe da Casa Civil José Adolpho, sobre inocência de Paulo Taques

José Adolpho, secretário-chefe da Casa Civil, afirmou durante um evento no Centro de Eventos do Pantanal, na tarde desta sexta-feira (11), ter confiança na inocência do ex-secretário Paulo Taques, acusado por envolvimento no esquema de grampos clandestinos operados pela Polícia Militar. 

O secretário-chefe da Casa Civil, ao ser questionado sobre se acredita da inocência de Paulo Taques, respondeu de forma objetiva e clara. “Lógico. Porque eu o conheço”, disse.

O ex-secretário estava detido no Centro de Custódia da Capital (CCC) desde a última sexta-feira (4), por determinação do desembargador Orlando Perri, sobre acusação de interceptação telefônica ilegal, denunciação caluniosa e organização criminosa.

Porém, o ministro Reynaldo Soares da Fonseca, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), 

na noite de quinta-feira (10), contestou os três argumentos utilizados para decretar a prisão preventiva de Paulo e mandou soltá-lo.

 

José Adolpho confessou que ficou “contente” com a decisão do ministro, por ser amigo de Paulo Taques.

 

“Esse é um problema jurídico. Não cabe ao Governo avaliar. Ele é meu amigo. Então, não tem como ficar triste. Fico contente. Juridicamente, uma decisão do STJ tem o seu peso, mas não quero entrar nesse assunto”, afirmou.

 





Edição 116 Dezembro 2017

COLUNISTAS
Enquete


BLOGS MAX


© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.