PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quinta-Feira, 21 de Fevereiro de 2019, 07h:10
Tamanho do texto A - A+
POLÍTICA & PODER
CARGO DOS SONHOS Twitter

Por apenas 1 voto, Maluf vence disputa pelo cargo de conselheiro do TCE

Por: Redação

 

O Colégio de Líderes da Assembleia Legislativa escolheu, por diferença de apenas 1 voto, o ex-presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Maluf (PSDB), o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Em segundo lugar, com 10 votos, apareceu o atual primeiro-secretário da Casa, Max Russi (PSB). Os deputados Sebastião Rezende (PSC) e Dilmar Dal Bosco (DEM) desistiram de suas candidaturas durante o discurso aos 24 parlamentares da casa.

 

 “Quero parabenizar os candidatos que estiveram presentes comigo na disputa. Pessoas que engrandeceram o debate e também parabenizar a Mesa Diretora. Nunca tivemos um rito tão transparente e detalhado como esse. Agora é me preparar para ir a plenário passar pela sabatina”, afirmou Maluf, ao sair do Colégio de Líderes.

 

Com apenas dois votos, o juiz Eduardo Calmon foi eliminado da disputa e volta atuar como magistrado, em Várzea Grande. Já o contador, Luiz Mário, apesar da bela campanha, não obteve nenhum voto na corrida por vaga ao TCE.

 

Agora, Maluf passará por sabatina na terça-feira (26), depois terá seu nome votado em plenário.Em seguida, na mesma sessão, o plenário vota a indicação dele ao TCE.

 

Neste caso, Maluf precisará obter 13 votos, maioria simples, para, na sequência, ter o nome enviado ao governador, Mauro Mendes (DEM), que assinará a nomeação como conselheiro vitalício da Corte de Contas. No dia seguinte, o ato é publicado no Diário Oficial, findando todo o processo.

 

Vencido o rito, Legislativo-Executivo, Maluf, finalmente, será empossado no cargo pelo atual presidente do Tribunal de Contas, conselheiro, Domingos Neto.

 

 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 208 Dezembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados