PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 17h:57
Tamanho do texto A - A+
POLÍTICA & PODER
DESENVOLVIMENTO Twitter

“Renovação da concessão da ferrovia Malha Paulista trará benefícios para Mato Grosso”, diz deputado Emanuelzinho

Por: ASSESSORIA EPN

Assessoria

 

O deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB-MT), o Emanuelzinho, comemorou a renovação antecipada da concessão ferroviária da Malha Paulista, de propriedade da empresa Rumo. De acordo com o deputado, a renovação trará benefícios Mato Grosso, principalmente para a baixada cuiabana. A decisão foi do Tribunal de Contas da União (TCU), na última quarta-feira (27).

 

A ferrovia, conhecida como Malha Paulista, é uma das mais importantes do país, com acesso direto ao Porto de Santos, maior terminal portuário da América Latina. O contrato com a Rumo, que venceria em 2028, ganhou mais 30 anos e se estenderá até 2058, com antecipação de investimentos da ordem de R$ 5,8 bilhões.

 

Em pronunciamento na tribuna do plenário Ulysses Guimarães, o deputado revelou que a renovação da concessão já era um desejo de toda a bancada mato-grossense, porque contribuirá com o desenvolvimento do estado.

 

“A renovação da concessão permitirá a integração da ferrovia com traçado que passará por Mato Grosso, com terminal em Cuiabá, o que contribuirá para o desenvolvimento da baixada cuiabana. Essa é uma luta antiga da bancada de Mato Grosso, que iniciou lá atrás, com o então senador Vicente Vuolo, e hoje perpassa pelo sentimento de todos os deputados e senadores do estado”, explicou.

 

De acordo com especialistas e estudos mencionados pelo parlamentar durante o pronunciamento, um trem pode carregar e transportar de carga o equivalente a 300 caminhões. “Isso significa manutenção das qualidades das estradas, das rodovias brasileiras e mato-grossenses, além de melhorar a qualidade de vida dos caminhoneiros que trabalham sobrecarregados e sob forte risco”, completou o Emanuelzinho.

 

Em um prazo de 5 a 10 anos, caso o planejamento da empresa Rumo for cumprido, é possível que a baixada cuiabana já possa começar a colher os benefícios de ter uma ferrovia passando próxima à região.

 

“Isso vai trazer desenvolvimento, qualidade de vida e riqueza para área, tendo em vista que a baixada cuiabana é uma das regiões que tem os piores Índice de Desenvolvimento Humano (Idh) do estado”, concluiu.

 

Saiba mais sobre como a renovação vai beneficiar Mato Grosso

A Rumo, responsável pela Malha Paulista, é a maior operadora de ferrovias do Brasil e oferece serviços logísticos de transporte ferroviário, elevação portuária e armazenagem. A companhia opera 12 terminais de transbordo, seis terminais portuários e administra cerca de 14 mil quilômetros de ferrovias nos estados de Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás e Tocantins. A base de ativos é formada por mais de mil locomotivas e 28 mil vagões.

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 208 Dezembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados