PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quinta-Feira, 04 de Abril de 2019, 18h:27
Tamanho do texto A - A+
CIDADES
ALTO ARAGUAIA - ALTO TAQUARI Twitter

Concessionária confirma início da recuperação da MT-100

Reunião com Sinfra e Ager discutiu cronograma dos trabalhos que serão intensificados a partir do início da estiagem

Por: Mais2comunicação

As obras de recuperação dos 91,5 km da rodovia MT-100, entre Alto Araguaia e Alto Taquari, na região Sul, começam nesta primeira quinzena de abril. A decisão foi anunciada durante reunião em Cuiabá entre dirigentes da Via Brasil MT-100 Concessionária de Rodovias S/A, gestores e técnicos da Secretaria de Infra-Estrutura e Logística (Sinfra-MT), Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager) e da empresa verificadora independente, Houer Concessões.

 

O  diretor-presidente da Via Brasil MT-100, Cesar Menezes, disse que a reunião foi importante para informar a todos os participantes sobre o estágio de desenvolvimento dos projetos técnicos e sobre o cronograma das obras de recuperação do pavimento.

“Queremos fazer disso uma rotina para esclarecer dúvidas, reduzir prazos e minimizar problemas de entendimento sobre os trabalhos, por isso nos reuniremos a cada dois meses, além das reuniões periódicas. O trabalho de todos os quatro entes é importante, e precisamos estar alinhados para que as obras transcorram dentro da normalidade”, disse Cesar Menezes.

O início efetivo das obras de recuperação de um dos trechos rodoviários em pior estado em Mato Grosso, coincide com o começo do período de estiagem. No final do ano passado, depois de assinar o contrato e receber oficialmente do governo do Estado a rodovia, a Via Brasil MT-100 realizou os serviços preliminares e preparatórios. Além da limpeza da faixa de domínio, foi feita uma operação tapa-buracos nos pontos críticos dos 25 km mais problemáticos da rodovia, visando manter um mínimo de trafegabilidade.

 

Com o fim das chuvas se viabiliza o início dos serviços de recuperação e pavimentação e a Via Brasil MT-100 começa agora em abril a montagem dos canteiros de obras, com transferência de máquinas, caminhões e equipamentos de terraplenagem e pavimentação.

A Via Brasil MT-100 decidiu contratar quatro empreiteiras que atuarão em consórcio para agilizar a recuperação do pavimento ao longo de toda a rodovia. Uma quinta empresa vai cuidar exclusivamente das edificações necessárias como as unidades administrativas e as praças de pedágio.

mais2

reunião geral

 

No trecho de aproximadamente 25 km considerado o mais crítico, será necessária a substituição total do pavimento, com implantação de uma nova base e sub-base que servirão como fundação para a pavimentação. “Vamos ter que utilizar o sistema pare-siga, o que naturalmente gera transtornos para os usuários, mas é a única forma de realizar os trabalhos. A boa notícia é que no final das obras, que prevemos para o final de agosto, já tenhamos uma rodovia totalmente recuperada", disse Cesar Menezes.

A Via Brasil MT-100 vai fazer também a implantação dos contornos de Alto Araguaia e Alto Taquari, que somarão 20,4 km, após a devolução das condições adequadas de trafegabilidade e segurança da rodovia em seu traçado atual.

 

O Secretário Adjunto de Logística e Concessões da Sinfra, Huggo Waterson Lima dos Santos, disse que as concessões de rodovias são importantes num estado de grandes dimensões territoriais como Mato Grosso. “O Estado não consegue pavimentar e manter toda a malha viária estadual em boas condições, especialmente numa situação de crise financeira como a que herdamos. Nesse sentido, a modalidade de concessão economiza recursos públicos e agiliza soluções para assegurar o transporte de pessoas e mercadorias”. 

Twitter

PUBLICIDADE



Veja mais sobre este assunto:

Edição 208 Dezembro de 2019

PUBLICIDADE

Enquete
COLUNISTA
BLOGS MAX
  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE

  • PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

© 2019 - Notícia Max - Todos os direitos reservados