ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, 15h:53
Tamanho do texto A - A+
Twitter
SEM QUÓRUM

Deputados de MT faltam a sessões após ficarem 2 semanas sem trabalhar para fazer campanha

Por: G1 MT

Plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso — Foto: TVCA/Reprodução

 

As duas primeiras sessões ordinárias realizadas na Assembleia Legislativa após as eleições deste ano precisaram ser suspensas por falta de quórum. Os parlamentares já estavam sem trabalhar desde a aprovação do Requerimento 326/2018, de autoria das lideranças partidárias, que permitia que os deputados pudessem percorrer o estado no período eleitoral, já que 22, de um total de 24 parlamentares, tentaram se reeleger.

 

A primeira sessão após as eleições deste ano foi aberta nessa terça-feira (9), mas não havia deputados em plenário em número suficiente para que projetos fossem votados. Já a sessão matutina desta quarta-feira sequer teve início, pelo mesmo motivo.

Na pauta de votações projetos importantes aguardam para serem votados, como é o caso da Lei Orçamentária Anual (LOA-2019).

 

Entre outras matérias que estão na pauta, para os próximos dias, são as contas do governo do estado relativas ao exercício financeiro de 2017.

 

Os deputados têm ainda que analisar em Plenário o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO-2019), que estima entre receita e despesa um orçamento de R$ 19 bilhões.

 

Dos 24 parlamentares de Mato Grosso, 10 foram reeleitos no último domingo. Foram eles: Janaina Riva (MDB), Nininho (PSD), Max Russi (PSB), Eduardo Botelho (DEM), Guilherme Maluf (PSDB), Dilmar Dal Bosco (DEM), Sebastião Rezende (PSC), Valdir Barranco (PT), Professor Allan (PDT) e Wilson Santos (PSDB).

Twitter


Veja mais sobre este assunto:


Edição 152 Outubro de 2018

COLUNISTAS
Enquete

BLOGS MAX



© 2016 NOTÍCIA MAX - Todos os direitos reservados.